Flickr

10/recent/ticker-posts

Atividades práticas para fazer em casa com crianças com TEA

Atividades práticas indicadas para autista 

Elaborei este post com o objetivo de compartilhar atividades práticas  indicadas para crianças autistas. Com base na minha experiência e conhecimento no campo da educação e do ensino especial, selecionei cuidadosamente atividades que são especialmente benéficas para o desenvolvimento e envolvimento da criança com autismo. 

As atividades práticas são importantes para crianças com autismo, pois podem auxiliar no desenvolvimento da capacidade física e cognitiva, além de facilitar a interação social. Estudos mostram que a prática de exercícios físicos como caminhada, equino terapia e atividades aquáticas pode ser eficaz. Atividades pedagógicas que utilizam temas de interesse dos alunos com autismo também podem ser importantes. Além disso, atividades interativas como brincadeiras físicas, massagens e bolhas de sabão podem ser uma forma divertida de estimular o desenvolvimento. Conhecer as técnicas de volta a calma são essências para caso a criança se irrite com alguma atividade prática.  

Algumas das atividades que tem grande aceitabilidade para eles são:

 1. MACARRÃO DE PISCINA

Um dos equipamentos mais baratos e versáteis que é recomendado é um simples macarrão de piscina de espuma. Eles podem ser usados ​​de muitas maneiras. Faça um estoque para se divertir o ano todo. Aqui estão algumas maneiras de usá-los:

  • Corte-os em pedaços para empilhar e construir como blocos.
  • Rotule pedaços de macarrão de piscina com cada letra do alfabeto e empilhe pedaços uns sobre os outros em ordem alfabética.
  • Crie barcos com macarrão de piscina, canudos e triângulos.
  • Amarre pedaços de macarrão de piscina usando um pedaço de barbante ou corda formando um circulo.
  • É possível também cortar e fazer uma pista de corrida, para carrinhos.
  • Faça percursos de obstáculos com macarrão de piscina cortado ao meio para criar vigas de equilíbrio.
  • Faça sabres de luz .
  • Cavalinhos decorados .
  • Diversas outras brincadeiras .

2. CAÇA AO TESOURO

  • Recolha garrafas pet. [Pequenas medias ou grandes como preferir]
  • Coloque dentro de uns objetos que caibam: Exemplo:
  • Grãos [arroz, milho, feijão], algodão, brinquedos pequenos, carretel de linha, cotonete, bombril.
  • Esconda essas garrafas pela casa, e no quintal.
  • Cada garrafa que ele encontrar ele deverá fazer uma busca na casa procurando onde tem um objeto semelhante ao que está dentro da garrafa. [Lembre-se de deixar todos os objetos no baixo e em ambientes seguros de fácil acesso para criança]
  • Cada conquista você pode dar a ele uma bonificação: Exemplo uma moeda para pôr em cofrinho, pedras pintadas de dourado simbolizando pepitas de ouro,  ou imprima seus próprios adesivos com elogios, a cada conquista cole um adesivo em seu peito simbolizando os botons dos desbravadores.  
  • Não conte a ele que será recompensado o surpreenda.
  • Não faça muitas garrafas para ele não se cansar da brincadeira, o-estimulem, de forma alegre e dinâmica. 
  • Brinquem com ele também, é uma atividade muito divertida.

3. FAÇA UMA PISTA DE OBSTÁCULOS

Use qualquer coisa que encontrar. Linhas no chão com fita são maravilhosas para travessas de equilíbrio 'fingidas'. Bambolês, arremesso de saquinhos de feijão e cordas de pular podem ser incluídos. 

Andar como animais é sempre divertido e desenvolve incríveis habilidades motoras ampla.

  • Pular como um sapo
  • Galopar como um cavalo
  • Rastejar como uma cobra
  • Andar como um cachorrinho
  • Pular como um canguru
  • Andar como um caranguejo
  • Empinar como um unicórnio

 4. O MESTRE MANDOU

Excelente brincadeira para fazer em casa com amigos, primos , ou com os pais e os irmãos. 

Muitas crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) prosperam com previsibilidade e sabendo o que esperar. 

Dessa forma, O jogo americano “Simon Says” , conhecido no Brasil como o “O Mestre mandou”,  em que um jogador é designado como “Mestre” e fica na frente do grupo, direcionando os outros para realizar várias ações, pode ser um desafio porque ninguém, exceto o Mestre, sabe qual atividade será chamada a seguir. 

A apreensão que uma criança pode sentir por não saber o que está por vir pode impedi-la de prestar atenção e fazer com que a criança “saia” antes d ouvir o que está sendo solicitado .

Adaptações para o Mestre mandou :

  • Limite as atividades que o Mestre pode selecionar, como dar ao Mestre uma lista de ações para escolher e fornecer uma ajuda visual para a criança com autismo listando essas mesmas ações. 
  • As ações podem ser fornecidas na ordem em que serão usadas no jogo, permitindo que a criança com TEA saiba exatamente qual movimento virá a seguir, ou como uma pequena lista da qual Simon pode escolher, restringindo as opções e dando a criança com TEA (que tem a mesma lista) uma ideia melhor do que está por vir, mesmo que não saiba exatamente o que o Mestre vai dizer.
  • Não use a regra como: o mestre mandou se você não fizer está fora, ou se você fizer o que o mestre não mandou está fora, concentre-se apenas nas ações que estão sendo executadas. Isso remove a pressão de “sair” e pode ser usado como um meio de praticar comportamentos desejados, como sentar, vestir um casaco, acenar, dizer bom dia, etc.


Agora é só se divertir !

 É importante adaptar todas essas estratégias e recursos de acordo com as necessidades individuais de cada criança, garantindo que eles estejam acomodados e confortáveis . 

  Deixe aqui seus comentários , nos conte das brincadeiras relacionadas acima qual você já usou ou se identificou mais. E nos fale a brincadeira que seus pequenos mais gostam. 

  Separamos um material especial para você: Compreendendo o Autismo: Guia prático para Pais e Educadores.

 Técnicas para acalmar, citações de médicos renomados sobre o assunto, diagnostico e cuidados ! Eu quero meu Guia!



Veja : Jogo eletrônico Simon Says

Postar um comentário

0 Comentários